Revestimentos em formato de régua: confira as diferentes paginações

Revestimentos em formato de régua: confira as diferentes paginações

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Explore as diversas configurações de desenho que os pisos em formato de régua podem proporcionar

Definir a paginação de revestimentos para um ambiente é uma importante decisão na hora de projetar um espaço. O desenho que se pretende reproduzir é que irá direcionar a quantidade do material a ser comprado, o tamanho das peças que serão utilizadas e, também, a maneira e o local correto para começar o assentamento. Uma opção que permite diversos efeitos e, consequentemente, diferentes propostas de decoração, são os pisos em formato de régua (20 cm x 120 cm e 30 cm x 120 cm). As paginações ‘escama de peixe’, ‘transpassada’, ‘alinhada’ e ‘espinha de peixe’ estão entre os padrões mais utilizados e podem ser conferidos abaixo.

Paginação espinha de peixe

Com disposição das peças em uma angulação de 45° em relação à parede e uma configuração zigue-zague, o padrão ‘espinha de peixe’ não é uma novidade na paginação de pisos. Pelo contrário, esse desenho já foi muito utilizado com tacos de madeira e, por isso, já foi visto em muitas casas antigas. O fato é que a tendência voltou e, agora, não se restringe mais aos tacos e nem às residências: os porcelanatos também se adequam muito bem a esse design, que tem sido aplicado em espaços comerciais e até mesmo em ambientes corporativos. Além de elegante, essa proposta também traduz modernidade, ousadia e, claro, muito bom gosto.

Paginação escama de peixe

Semelhante à paginação anterior, o padrão ‘escama de peixe’ também configura uma decoração moderna e um ambiente personalizado. No entanto, a aplicação se diferencia no que diz respeito à angulação: para que esse desenho seja construído, as peças devem ser dispostas em um ângulo de 90° em relação à parede. Assim, em vez de a organização obedecer a uma orientação diagonal, ela segue um desenho com revestimentos dispostos na vertical e na horizontal.

Paginação transpassada

Esse tipo de layout consiste em posicionar as peças lado a lado, deixando os seus inícios e finais ‘desencontrados’. Ou seja, é sugerida uma intercalação em que cada piso transpasse, no máximo, 20% de seu comprimento total, como pode ser observado na imagem.

Além do efeito mais natural e aconchegante, para quem busca um padrão mais alinhado sem prejudicar a estética do projeto, a recomendação é optar pela paginação transpassada.

Paginação alinhada

Mais fácil de ser aplicada, a tradicional paginação alinhada também deve ser levada em conta na hora de definir o layout de um ambiente. Com peças dispostas lado a lado e rentes às paredes do ambiente, esse padrão é o que gera menos perda de material. No entanto, um ponto precisa ser considerado: essa paginação é também a mais comum e, portanto, há mais possibilidades deser vista em diferentes projetos.

Anote essas dicas:

  • Devido à possibilidade de futuras trocas, é recomendada a compra de, no mínimo, 10% a mais do material previsto para um projeto. Para as paginações diagonais, esse percentual deve ser de 20%;
  • Conforme previsão da norma ABNT NBR 15463:13, algumas peças podem apresentar variações em relação ao nivelamento. Por isso, o kit nivelador se faz necessário à aplicação.

Agora que você já conhece algumas das possibilidades de paginação com os revestimentos em régua, é só decidir qual o padrão que irá adotar para o seu espaço. Dentre os porcelanatos Castelli, há mais de 15 opções de revestimentos com esse formato, tanto para área externa como interna. Com variadas texturas e desenhos, certamente um dos nossos produtos é a cara do seu projeto.